Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

VEIO TER COM ELE GRANDES MULTIDÕES

E VEIO TER COM ELE GRANDES MULTIDÕES
Dálton Curvello
E veio ter com ele grandes multidões, que traziam coxos, cegos, mudos, aleijados, e outros muitos, e os puseram aos pés de Jesus, e ele os sarou, De tal sorte, que a multidão se maravilhou vendo os mudos a falar, os aleijados sãos, os coxos a andar, e os cegos a ver; e glorificava o Deus de Israel.”(Mateus 15:30 e 31)
                Eu fico imaginando a cena, Jesus havia chegado àquele lugar após seu debate com os fariseus, em que entre outros lhes falou: “Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.”(Mateus 15:8 e 9) Aquela multidão estava em contato com o próprio Deus encarnado, e Jesus conhecia o coração de cada uma das pessoas naquela multidão. Com sua visão de raio-X espiritual, Ele podia ver no coração de cada um, constatando que a maioria (quando se refere a “povo”) estava longe com o coração.
                Esse é JESUS, em cuja presença somos desnudados de qualquer máscara, é o Deus dos milagres descritos na Bíblia, que conforme disse o Salmista, “conhece o meu deitar...” O Deus diante de quem toda enfermidade é sarada! O Deus que em sua infinita Graça e Misericórdia faz isso, mesmo conhecendo a maldade do coração humano (desesperadamente corrupto cfe. Jeremias 17:9).
Como seria bom se todos compreendessem a importância de buscar um relacionamento sincero e transparente com esse Deus, que parassem de uma vez com essa história de “ir ter com ele” misturando-se à multidão acéfala e descompromissada, que apenas busca milagres, maravilhas, mas mantendo o coração distante de Deus.
Em meu livro “Calebe-O demolidor de gigantes”, no capítulo 2, intitulado “Terra de Gigantes” eu comento: Quanto ao povo, essa massa de milhões de pessoas que confia apenas na força de seu braço e se esquece dos benefícios passados, segue morrendo no deserto, andando em círculos pelo deserto de uma vida vazia de propósitos, seca de milagres, vivendo a dura realidade de que a morte é a única certeza. A escolha é sua, a decisão é pessoal: Calebe visitou a mesma terra que os demais, viu os mesmos gigantes, presenciou as mesmas experiências na terra que espiavam. Você consegue imaginar a euforia que encheu o coração de Josué e Calebe, vendo tantas maravilhas e já antevendo as vitórias do grande exército de Israel, vencendo gigantes, tomando posse da terra e concluindo a exaustiva jornada pelo deserto, que já durava dois longos anos?  PENSE NISTO.
A BÍBLIA nos fala que TODOS, um dia vão ter que se apresentar diante do cordeiro de Deus - “Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra - cfe. Filipenses 2:10. Em que circunstância você quer estar? Saia da multidão, apresente-se diante do mestre, sem máscara, sem auto-justiça, mas declarando-se totalmente dependente da misericórida e acima de tudo da infinita GRAÇA. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...