Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

sábado, 16 de outubro de 2010

Pare e pense

Essa vai para quem já leu o livro "A Cabana"...

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Pare e pense

15.10 – DIA DO PROFESSOR


         “Depois disse Moisés aos filhos de Israel: Eis que o SENHOR tem chamado por nome a Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá. E o Espírito de Deus o encheu de sabedoria, entendimento, ciência e em todo o lavor, E para criar invenções, para trabalhar em ouro, e em prata, e em cobre, E em lapidar de pedras para engastar, e em entalhar madeira, e para trabalhar em toda a obra esmerada. Também lhe dispôs o coração para ensinar  
a outros; a ele e a Aoliabe, o filho de Aisamaque, da tribo de Dã.”  (Êxodo 35:30 a 34)


         “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos. Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para que não se cheguem a ti. O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no SENHOR a misericórdia o cercará. Alegrai-vos no SENHOR, e regozijai-vos, vós os justos; e cantai alegremente, todos vós que sois retos de coração. “ (Salmos 32: 8 a 11)


                Aproveito esta data para homenagear os professores, essa profissão tão importante e tão menosprezada por sucessivos governos do Brasil. Eu vejo o exercício da profissão de professor, quase como um sacerdócio, arrisco a comparar com o texto de Êxodo 35, em que o próprio Deus afirma que destacou, chamou, capacitou sobrenaturalmente algumas pessoas, encheu de sabedoria, entendimento, ciência, e “ lhes dispôs o coração para ensinar a outros”.
                É Deus quem promete nos INSTRUIR, ENSINAR. Uma das mais nobres profissões, ENSINAR. Sou de um tempo em que os professores eram respeitados por pais e alunos, havia disciplina. Hoje, nos deparamos com sucateamento, falta de respeito, falta de limites, o ambiente de sala de aula, antes valorizado e respeitado, se transformando em “terra de ninguém” . Há uma semana  atrás, assistimos perplexos à notícia de que um garoto, com NOVE ANOS de idade, matou “ acidentalmente” um coleguinha com um tiro. Me socorram! O que um garoto de NOVE ANOS fazia com uma arma dentro da mochila, e ainda, na sala de aula??? Professores ameaçados, mestres com medo, pais ausentes. Resultado:  Emburrecimento generalizado pela falta da transmissão de conhecimento.
                A situação só não está pior, graças à mão de Deus, que continua levantando mestres, capacitando e enchendo-lhes o coração de disposição para ensinar a outros. Tal qual no filme MATRIX, em que era possível fazer um “ download” de conhecimento direto para o cérebro de alguém, eu creio que ainda hoje DEUS nos capacita a realizar a obra que Ele tem designado. A todos esses profissionais do ensino, minha singela homenagem e meu respeito, com votos de que DEUS esteja sempre guardando, dando ousadia para prosseguir, a despeito das circunstâncias, e abençoando com toda sorte de bênçãos.
Dálton Curvello

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Pare e pense

A Religião MATA

No vídeo abaixo, Mark Driscoll fala sobre as gritantes diferenças entre Religião e Redenção. Vale a pena assistir e meditar a respeito...


quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Pare e pense

RASGUEI MINHA BIOGRAFIA
Dálton Curvello

“Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.”(Mateus 5:11)
“Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bem-aventurados. E não temais com medo deles, nem vos turbeis; Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós, Tendo uma boa consciência, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom porte em Cristo. (1Pedro 3:14 a 16)
                Ontem eu estava meditando sobre as palavras de 1Pedro 3, e lembrei-me do que disse Jesus em Mateus 5, e decidi: Rasguei minha biografia.

                Você deve estar pensando: O que isso quer dizer afinal? Todos nós temos uma “biografia reservada”, algo como um livro ainda não publicado, mas que tratamos com todo zelo, e até orgulho. É a nossa história, é aquele sentimento interno que nos leva a questionar o que os outros pensam de nós, nos força a contrapor sempre que algo ou alguém fere essa “imagem ilibada” que construímos ao longo de tantos anos, não é?

                Em 1Pedro, a palavra de Deus nos orienta a viver uma vida na presença de Deus, sem se frustrar pelas provações que enfrentamos, sem se importar com aqueles que “falam mal de vós, como de malfeitores”, os quais, segundo a palavra de Deus, ficarão confundidos e ainda “Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observem.(1Pedro 2:12)

                Resumindo: Pode rasgar sua biografia! A verdadeira biografia, a que realmente importa, como bem representado no vídeo que postei na mensagem de 28.09à AQUI, tem apenas uma folha, em que está escrito: FILHO DE DEUS.

                Há pouco mais de um ano, eu mesmo fui vítima de calúnia por um falso pastor, lobo travestido de ovelha que, aproveitando-se de momento de doença e fragilidade física, espalhou todo tipo de inverdades, calúnias, difamando-me vergonhosamente com o povo de “sua igreja”(como ele mesmo gosta de falar, sua igreja, uma pequena empresa eclesiástica que, infelizmente eu mesmo o ajudei a implantar). Num primeiro momento, sobe aquele sentimento de revolta, e desejo de desmascarar o indivíduo, apresentando a verdade dos fatos, mas por amor aos irmãos, notadamente aos neófitos na fé, que desconhecem aquele cidadão sem sua máscara pastoral, decidi abster-me de confrontá-lo com a verdade, e deixar que Deus venha tratá-lo no momento adequado.

                Ao comparecermos diante do magnífico trono do Altíssimo, não serão nossas obras que vão nos justificar diante dEle, muito menos uma biografia perfeita como a que sempre tentamos construir (embora devamos efetivamente viver de maneira a construí-la, porém, não para que os outros a vejam, mas por que fomos transformados), naquele dia, só terá duas formas de se apresentar: Ou lavado pelo sangue de Cristo, ou não.

                Eu fico imaginando a cara que aquele tal falso pastor vai fazer, ao finalmente ser confrontado com suas mentiras, manipulações e jogo de interesses, ao estar diante de Deus e de Jesus Cristo e ter que mostrar tudo isso.
                E você, está preparado?

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Pare e pense

“Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.”(João 4:22 a 24)
                Veja no vídeo abaixo a encenação do grupo ONETIMEBLIND, sobre viver em Cristo. Pense a respeito: Como você está vivendo na presença de Deus? A maioria dos crentes dos dias atuais vive duas vidas, numa delas, é a pessoa piedosa e amável que freqüenta a igreja aos domingão e não tivesse acesso à sua realidade.
PENSE NISTO


segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Pare e pense

Vi no  http://www.genizahvirtual.com e reproduzo abaixo. Vale a pena refletir sobre o tema:
Eu ainda creio no homem

Rubinho Pirola


Eu ainda não perdi a fé no ser humano.
Não nele, em si mesmo, porque não seria louco para tanto, mas pelo que Deus pode fazer nele e através dele.
Assim, eu ainda creio até mesmo nos cristãos, a despeito do que têm virado, tentando viver a vida, não alicerçados nos valores do Evangelho, mas nas loucuras perversas do nosso século.
Creio ainda na igreja, por extensão (não a organização, a estrutura,... mas na comunhão dos que crêem na cruz) ainda que vez por outra, essa caia na tentação e deixa de chorar a dor do pobre e do necessitado e assim, deixa de ser ovelha e passa a ser o lobo, como diria o meu amigo Caio.
Creio nela, mesmo que também ceda à tentação de oferecer ao mundo o mais perverso dos hospitais onde o doente não pode compartilhar as suas maleitas (como afirmou o Ari) e que, antes de chorar com os que choram, oferece-lhes o seu juízo e, por isso, não cure mais. A essa igreja que ora pela cura dos enfermos, por milagres e pelo que é extraordinário, mas não por amor do que sofre, mas para se ver livre de trabalho e aborrecimento.
Creio ainda nos pastores e líderes todos (meus colegas) que têm-se vendido, pregando e dizendo coisas que Cristo nunca pregou ou ensinou e, ao invés de dar a sua vida pelas ovelhas, comem da sua gordura, vestem-se com a sua lã e, com ela, constroem palácios e impérios em honra deles próprios.
Creio ainda nos políticos bandidos que vendem o moral da nação, nos juízes que ajuízam para o seu próprio bem, vendendo o direito e nos trabalhadores que, ao invés de servirem, querem e vivem só pelo salário que ganham.
Creio ainda no que Deus pode fazer neles e através deles, porque o poder de Deus, aquele que levantou Jesus da morte, ainda está ai, a agir e a transformar gente imprestável, pessoas inúteis, combustíveis do inferno, em instrumentos de justiça e promotores do amor celeste.
Se Ele não poupou o Seu próprio filho, como parte do projeto de criar novos céus, nova terra, como Deus não poderia ainda transformar ainda hoje a criatura?
Justamente, por esse motivo, não comemorei, pelo contrário, a condenação dos Nardoni, como também não comemorei o assassinato covarde daquela pobre menina. Definitivamente, não consigo fazer como enrredo de novela, onde o ruim, o perverso, nasce e morre assim, sem chance de outro script. Olhando para a minha própria história, não dá.
Creio ainda no que Deus pode fazer no mortal, pois hoje o dia todo, pensei em como Deus tem agido na minha vida - a despeito de tudo aquilo que sou - e em como, Ele ainda não acabou comigo.

Por essas coisas, o que mais tenho me recusado a fazer, é ver as pessoas como elas são - só homens - e visto o que pode o Alto, agindo neles.

Como aliás foi com o adúltero e irresponsável pai de família Davi, o religioso assassino Paulo, ao vacilante Pedro e tantos outros...
Continuo a amar o errado, mas a odiar o erro.
A amar o profeta, mas julgando a profecia, com rigor e cuidado. Sem medo. E sem querer destruí-lo, porque ainda creio naquilo tudo que Deus pode fazer em cada um de nós.

"Assim que daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo. Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo."(2 Coríntios  5:16,17)

domingo, 10 de outubro de 2010

Pare e Pense

PORTAS TRANCADAS

“Ao cair da tarde daquele dia, o primeiro da semana, trancadas as portas da casa onde estavam os discípulos com medo dos judeus, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco!”(João 20:19)
 “Passados oito dias, estavam outra vez ali reunidos os seus discípulos, e Tomé, com eles. Estando as portas trancadas, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco!” (João 20:26)
                Jesus havia ressuscitado! Maria Madalena já tinha anunciado aos discípulos, dizendo: “Ví o Senhor!” Alguns se rejubilavam, outros duvidavam, mas o certo é que em dado momento, quando ainda estavam nesse cenário de alegria e dúvida, euforia e medo, diz a palavra de Deus que os discípulos estavam numa casa, e as portas trancadas. Nesse cenário algo aconteceu, que mudou completamente a vida daquelas pessoas. 
                Você já se viu assim, caro leitor? Já atravessou situações em que pareciam que todas as portas estavam literalmente trancadas, e você se viu preso a uma situação, impedido de sair de algum problema, totalmente sem horizontes?
                Hoje quero falar sobre portas trancadas, e principalmente sobre aquele que é Senhor de todas as portas, o único que chega aonde você se encontrar e declara: ”Paz seja convosco!”. Jesus chega e ordena a PAZ! Não há porta trancada que O detenha!
                Os discípulos estavam de portas trancadas, naquele ambiente havia medo, diz a Bíblia. As notícias que chegavam ainda eram meio desencontradas, havia dúvida no ar! E neste ambiente de dúvida, medo, insegurança, portas trancadas, pode-se dizer “sem saída”, Jesus chega e coloca-se no meio deles, declarando a PAZ a todos, e transformando o pranto em riso, eliminando a dúvida e trazendo certezas, pondo fim ao medo e trazendo ousadia. Jesus não chega “dando bronca”, chamando a atenção deles por terem medo, por estarem “com as portas trancadas sob si”, não. Esse tipo de comportamento você vai encontrar nos falsos pastores e falsos líderes, que exigem “aparência”, embora vivam, eles mesmos, em “portas fechadas”, em ambientes de medo e dúvida. Mas Jesus coloca-se no meio, cheio de autoridade, poder e GRAÇA, sem questionar, sem apontar dedos, simplesmente declara: ”Paz seja convosco!”
                Este mesmo Jesus está conosco ainda hoje, você crê nisto? Não importa o quão negra aparente ser a situação, não importa quantas portas se fecharam, não importa quantas pessoas te abandonaram, saiba caro leitor, você não está sozinho! Jesus se coloca no meio, atravessa qualquer porta fechada e te diz: PAZ SEJA CONVOSCO! Ele traz LUZ sobre toda situação, Ele jamais nos abandonará, e chega trazendo a Sua PAZ, transformando a dúvida em certezas, lançando fora todo o medo e angústia, inundando o lugar com a Sua presença maravilhosa. Receba-O, receba a sua infinita GRAÇA e misericórdia.

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...