Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

sábado, 17 de abril de 2010

Pare e pense

“Porém os meus soldados não mataram o melhor gado e as melhores ovelhas, que estavam condenados à destruição. Em vez disso, eles os trouxeram aqui para Gilgal a fim de os oferecer como sacrifício ao SENHOR, o Deus de você. Samuel respondeu:  O que é que o SENHOR Deus prefere? Obediência ou oferta de sacrifícios? É melhor obedecer a Deus do que oferecer-lhe em sacrifício as melhores ovelhas. A revolta contra o SENHOR é tão grave como a feitiçaria, e o orgulho é pecado como é pecado a idolatria. O SENHOR o rejeitou como rei porque você rejeitou as ordens dele.” (1Samuel 15:21 a 23)
                Realmente, enganoso é o coração do homem! Saul foi confrontado mais uma vez com sua desobediência a uma ordem direta de Deus, e não reconhece seu erro. Pior ainda, joga a culpa no povo e afirma que fizeram isso para oferecer sacrifício ao Senhor... Você não tem a impressão de que já conhecia esta história? Reconhece a semelhança com tantas pessoas de nossos dias? Recusam-se a viver uma vida de compromisso sério com Deus, empurram a culpa de seus atos para as circunstâncias, para outras pessoas, o governo, qualquer um, e ainda tentam comprar a bênção de Deus oferecendo dízimos e ofertas! E você?

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Pare e pense


“Quando estávamos ao pé do monte Sinai, o SENHOR, nosso Deus, nos falou assim: “Vocês já ficaram bastante tempo neste lugar. Agora saiam daqui e vão caminhando na direção da região montanhosa dos amorreus e de todas as regiões vizinhas no vale do rio Jordão, e  na direção das montanhas, da  planície de Judá, da  região sul e da costa  do mar Mediterrâneo. Tomem  posse  de  toda a terra de Canaã até os montes Líbanos, no Norte, e até o grande rio Eufrates, no Leste.” (Deuteronômio 1:6 a 7)
                Deuteronômio começa com Moisés fazendo uma recapitulação das peregrinações do povo de Israel. No texto selecionado, Deus diz ao povo que eles haviam permanecido tempo demais ao pé do Monte Sinai, e Deus ordenou: “Agora saiam daqui e vão...”Muitas vezes em nossas vidas, em nossas jornadas, acontece o mesmo. Permanecemos tempo demais parados. Às vezes acomodados a uma situação, às vezes tentando perpetuar o momento (Quem nunca viveu fases da vida que gostaria que nunca tivesse terminado?). Mas Deus diz: saiam daqui e vão caminhando. Deus tem planos para a sua vida. Há um território novo, cheio de bênçãos, mas ele te diz: Não fique parado, caminhe!... 

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Pare e pense

“Nadabe e Abiú, filhos de Arão, pegaram cada um o seu queimador de incenso, colocaram incenso dentro, puseram fogo e apresentaram a Deus, o SENHOR, como oferta. Mas não fizeram isso de acordo com as leis de Deus, e por isso ele não aceitou a oferta. De repente, saiu fogo da presença do SENHOR e os matou; e assim os dois morreram ali onde Deus estava.E Moisés disse a Arão: — Foi isso o que o SENHOR quis dizer quando disse: Os que chegam perto de mim devem respeitar a minha santidade, e o meu povo deve me honrar.” (Levítico 10:1 a3)
                Na versão Revista e Corrigida diz que Nadabe e Abiú trouxeram fogo estranho ao Senhor. Deus não aceita fogo estranho. Deus exige respeito à Sua Santidade. O povo estava recebendo as instruções necessárias para se relacionar corretamente com Deus e com seus semelhantes. A maior lição que tinham que aprender (E deveríamos observar ainda hoje) é que Santo é o Senhor, e precisamos ter reverência e respeito em sua presença. Como você tem se comportado na casa de Deus? Eu frequentava uma congregação onde por diversas vezes o corpo diaconal pedia-me que intervisse numa situação em que pessoas inclusive da liderança da igreja, perambulavam pelos corredores, detinham-se em conversas durante o horário dos cultos, chegando a atrapalhar outras pessoas que pretendiam entrar no templo... Chegava ao absurdo de algumas vezes, quando o pastor chamava determinado líder durante o culto, alguém tinha que ir lá fora para chamá-lo, gerando certo constrangimento geral, pois todos sabiam mas ninguém queria falar. Isto é falta de respeito com a presença e a santidade de Deus. Respeitemos e honremos o Senhor, não apenas de palavra, mas em espírito e em verdade.
Pense nisto.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Pare e pense

         “Neste dia chamo o céu e a terra como testemunhas contra vocês. Eu lhes dou a oportunidade de escolherem entre a vida e a morte, entre a bênção e a maldição. Escolham a vida, para que vocês e os seus descendentes vivam muitos anos. Amem o SENHOR, nosso Deus, obedeçam ao que ele manda e fiquem ligados com ele. Assim vocês continuarão a viver e viverão muitos anos na terra que o SENHOR Deus jurou que daria aos nossos antepassados Abraão, Isaque e Jacó.” (Deuteronômio 30:19 a 20)         (grifo meu)
                Estavam chegando ao fim da longa caminhada pelo deserto. Às portas da terra prometida, após a repetição das Leis e reafirmação da aliança, Deus conclui afirmando que o céu e a terra são testemunhas. O povo tem a oportunidade de escolher entre a vida ou a morte, entre a bênção ou a maldição. Deus ainda apela para que se escolha a vida.
Não é diferente dos dias atuais, é? Tenho certeza que todos concordam comigo que o nosso planeta seria um lugar muito melhor, inclusive sob o aspecto ecológico se todos nós observássemos, ainda hoje, esses preceitos, as orientações dadas por Deus sobre nosso relacionamento com as coisas, com as pessoas, e mais importante, com Deus. Existe um ditado muito interessante, que diz mais ou menos assim: "Se as coisas foram feitas para ser usadas, e as pessoas para ser amadas, por que a maioria dos homens ama as coisas e usa as pessoas?" No capítulo dez de meu livro CALEBE, intitulado TER OU SER, faço uma análise do assunto, a qual reproduzo abaixo:
"Na geração de Calebe havia milhares de contemporâneos dele, que por desejarem ter mais do que ser, acabaram morrendo no deserto. Foram pessoas que queriam muito ter a posse da terra prometida, mas não se sentiam sendo os donos daquela terra, mas sim gafanhotos (Números 13:33). O que você tem valorizado em sua vida? Nos últimos meses, pude perceber claramente como se comporta a maioria das pessoas. Convivi com pessoas que valorizavam muito o senhor-gerente-de-banco que pode ser útil em algum momento, mas que prontamente se afastaram do senhor-aposentado-doente-e-em-crise. Pessoas que amam os primeiros lugares nas ceias...(Mateus 23:6), os quais Jesus chamou, entre outros nomes, de hipócritas, insensatos e cegos, comparados a sepulcros caiados(Mateus 23). O que você tem valorizado em sua vida? Tem valorizado o que realmente importa?"

                                                                PENSE NISTO

terça-feira, 13 de abril de 2010

Pare e pense

“Até os meus ossos doem quando os meus inimigos me ofendem, perguntando todos os dias: Onde está o seu Deus?  Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.” (Salmos 42:10 a 11)
                Onde está teu Deus? Quem de nós nunca ouviu algo semelhante, ao passar por provações, ocasiões em que às vezes até aqueles que deveriam nos estender a mão a encolhem e vociferam: Onde está teu Deus? Neste Salmo dos filhos de Corá, temos o mesmo dilema relatado, onde o Salmista conclui dizendo “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu. (versão Revista e Atualizada).
                Não importa o quanto o momento pode parecer angustiante e sem saída. Para o servo de Deus, esse diálogo com sua alma (seus sentimentos) demonstra como às vezes temos que comandar nossos sentimentos através da fé racional. Em momentos assim durante sua caminhada, caro leitor, pare, relembre as maravilhas que Deus já fez, ordene a seus sentimentos que abandonem a dúvida, e creia  em DEUS.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Pare e pense

“Por isso nunca ficamos desanimados. Mesmo que o nosso corpo vá se gastando, o nosso espírito vai se renovando dia a dia. E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior do que o sofrimento. Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se vêem, mas nas que não se vêem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre.” (1Cortíntios 4:16 a 18)
                Em minha Bíblia, essa sessão inicia-se com Paulo declarando: “Muitas vezes ficamos aflitos, mas não somos derrotados. Algumas vezes ficamos em dúvida, mas nunca ficamos desesperados. Temos muitos inimigos, mas nunca nos falta um amigo. Às vezes somos gravemente feridos, mas não somos destruídos.”(versos 8 e 9). É maravilhoso conseguir entender que, apesar de muitas vezes ficar aflito, em dúvida ou perseguido, o cristão nunca fica derrotado, desesperado ou desamparado! Por isso Paulo conclui afirmando que nunca ficamos desanimados! Isso mesmo, ainda que o nosso corpo vá se desgastando, o milagre que ocorre na vida do cristão é que seu espírito se renova a cada dia. E quando você passa a entender e viver essas verdades, toda e qualquer tribulação, deserto, perseguição, calúnia, difamação, tudo, passa a ser visto como algo pequeno, passageiro e que jamais afeta a alegria da certeza que temos, em Cristo, de nossa vida na eternidade.
                A eternidade, como o próprio nome diz, é eterna, enquanto que na vida terrena, como diz um famoso ditado: “... tudo é passageiro, exceto o cobrador e o motorista...” Portanto, Nunca fique desanimado, mas prossiga, certo de que seu destino é a eternidade, e desta realidade, NADA pode nos separar (Romanos 8:39).

domingo, 11 de abril de 2010

Pare e pense

“O SENHOR Deus respondeu a Josué: — Levante-se! Por que é que você está aí desse jeito, com a cara no chão? O povo de Israel pecou. Eles quebraram a aliança que haviam feito comigo, a aliança que eu mandei que guardassem. Ficaram com algumas coisas que eu mandei que fossem destruídas. Eles roubaram essas coisas, mentiram por causa delas e as colocaram no meio da bagagem deles. É por isso que os israelitas não podem enfrentar o inimigo. Fogem dele porque agora eles mesmos estão condenados à destruição. Se vocês não destruírem o que roubaram, eu não continuarei com vocês.” (Josué 7:10 a 12)
                Mentira, roubo, quebra de aliança. A consequência? Derrota monstruosa, ausência da Graça de Deus, homens prostrados (Levante-se!). O Juízo? Condenados à destruição. A cura? Arrependimento e mudança. “já não serei convosco, se não eliminardes do vosso meio a coisa roubada”. Oséias 4:6 diz : O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei”. Pense nisto. Que o Espírito Santo de Deus esteja falando ao seu coração, te dando discernimento para compreender o risco de uma aliança quebrada, ousadia para restaurar a aliança, voltando à plena comunhão com o PAI.

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...