Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

terça-feira, 13 de abril de 2010

Pare e pense

“Até os meus ossos doem quando os meus inimigos me ofendem, perguntando todos os dias: Onde está o seu Deus?  Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.” (Salmos 42:10 a 11)
                Onde está teu Deus? Quem de nós nunca ouviu algo semelhante, ao passar por provações, ocasiões em que às vezes até aqueles que deveriam nos estender a mão a encolhem e vociferam: Onde está teu Deus? Neste Salmo dos filhos de Corá, temos o mesmo dilema relatado, onde o Salmista conclui dizendo “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu. (versão Revista e Atualizada).
                Não importa o quanto o momento pode parecer angustiante e sem saída. Para o servo de Deus, esse diálogo com sua alma (seus sentimentos) demonstra como às vezes temos que comandar nossos sentimentos através da fé racional. Em momentos assim durante sua caminhada, caro leitor, pare, relembre as maravilhas que Deus já fez, ordene a seus sentimentos que abandonem a dúvida, e creia  em DEUS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...