Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

CASA DE ORAÇÃO OU ROTARY/LIONS?

CASA DE ORAÇÃO OU ROTARY CLUBE?

“E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes Convertido em covil de ladrões.”(Mateus 21:13)
“E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, profetiza contra os profetas de Israel que profetizam, e dize aos que só profetizam de seu coração: Ouvi a palavra do SENHOR; Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos profetas loucos, que seguem o seu próprio espírito e que nada viram! Os teus profetas, ó Israel, são como raposas nos desertos. Não subistes às brechas, nem reparastes o muro para a casa de Israel, para estardes firmes na peleja no dia do SENHOR. Viram vaidade e adivinhação mentirosa os que dizem: O SENHOR disse; quando o SENHOR não os enviou; e fazem que se espere o cumprimento da palavra. Porventura não tivestes visão de vaidade, e não falastes adivinhação mentirosa, quando dissestes: O SENHOR diz, sendo que eu tal não falei? Portanto assim diz o Senhor DEUS: Como tendes falado vaidade, e visto a mentira, portanto eis que eu sou contra vós, diz o Senhor DEUS. E a minha mão será contra os profetas que vêem vaidade e que adivinham mentira; não estarão na congregação do meu povo, nem nos registros da casa de Israel se escreverão, nem entrarão na terra de Israel; e sabereis que eu sou o Senhor DEUS.”(Ezequiel 13:1 a 9)

                Dálton Curvello
Durante minha carreira como funcionário do Banco do Brasil (foram trinta e um anos), trabalhei em diversas cidades, e na maioria delas rapidamente era contactado por integrantes de clubes de serviço (Lios, Rotary, etc) convidando-me para integrar seus quadros. Conheci suas estruturas e vi de perto a efetividade e o excelente trabalho que empresários e pessoas da sociedade realizam pelo interior do  Brasil. Pessoas que deixam o conforto de seus lares para visitar enfermos, realizar campanhas de agasalho, implantar e trabalhar em creches para população carente, conduzir campanhas contra drogas, conduzir oficinas de profissionalização para jovens carentes, e muito mais.

                O que me chamava a atenção, é que nesses quadros haviam pessoas de todos os credos religiosos (e até ateus). No mesmo ambiente e movidos pelo amor ao próximo, católicos, protestantes, espíritas, umbandistas, budistas se reuniam, congregavam juntando forças para exercer impacto na sociedade. Sempre eu era convidado a participar de seus jantares elegantes aonde apresentavam relatórios das atividades, faziam planejamento, etc.

                O curioso, e por isso estou relatando isso nessa mensagem, é que conheci também muitas igrejas (E mais recentemente uma em especial em Goiânia, que supera todas as anteriores nesse quesito), que no fundo nada mais eram do que meros clubes de serviço. Praticavam algumas boas obras, realizavam periodicamente fartos jantares para seus integrantes, mas tal qual ocorre nos ambientes de clubes de serviço, ali pouco importa a vida espiritual, ninguém realmente se importa. Realizam-se algumas obras sociais (na maioria das vezes, bem menos do que se poderia fazer), satisfazendo seu ego pessoal e prosseguem com suas reuniões sociais, jantares festivos, comemorações sem propósito, enquanto a sua verdadeira missão é abandonada.

                Não podemos culpar apenas os líderes dessas falsas igrejas, algumas até se intitulam “Luz de Nações”, seus líderes espertos não perdem oportunidade de passar fotos de crianças carentes no Nepal, na Índia, Africa ou outro país bem distante, o que sempre rende polpudas contribuições dos membros, interessados em cauterizar suas consciências, dispostos a apenas “pagar”e seguir com suas vidas mornas e sem sentido espiritual. Enquanto engordam as economias de tais líderes e suas famílias, seguem aproveitando o congraçamento das reuniões, numa cópia barata e bem menos efetiva do que os clubes que citei no início, pois aqueles de fato exercem influência na sociedade em que estão inseridos, enquanto que esses pseudo-crentes, sequer arranham seu potencial. Enquanto aqueles se doam de fato, esses últimos doam seus Reais para tentar dormir melhor à noite.

                Se este é o seu caso, ou se a igreja que você freqüenta se assemelha mais a um clube de serviço do que a uma casa de oração, meu conselho é que você procure urgentemente mudar de ambiente, pois é melhor filiar-se apenas ao Rotary ou Lions do que viver de aparência, pois no Dia do Senhor você vai prestar contas, meu irmão, e não adianta jogar a culpa no seu “pastor”. Ele vai acertar pessoalmente com Deus, conforme o texto de Ezequiel escrito acima.

                Para finalizar, um vídeo que demonstra no que as igrejas (falsas igrejas) estão se tornando, que imagem passam  para o mundo. Algo vergonhoso, mas que acontece mais perto de você do que você tem percebido. PENSE NISTO

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

APÓSTOLOS MODERNOS

APOSTOLOS MODERNOS E O MITO DA ORAÇÃO FORTE

Por Renato Vargens
Volta e meia eu ouço algumas pessoas dizendo que precisam procurar o irmão X simplesmente pelo fato de que  possui uma "oração forte".  Há pouco, uma irmã me abordou ao final de um culto pedindo que clamasse a Deus intercedendo por seu marido, visto que na sua perspectiva a oração do pastor é mais forte do que a de outros irmãos.


Pois é, a afirmação de que existe orações fortes entoadas por homens especiais, não encontra subsídio e fundamento nas Sagradas Escrituras. Antes pelo contrário o ensino neo-testamentário, aponta categoricamente para o fato de que todos aqueles que foram salvos por Cristo e regenerados pelo Espírito Santo tornaram-se sacerdotes, e como tais, mediante o sangue do Cordeiro, possuem livre acesso ao Trono da Graça relacionando-se amorosamente com o Criador de todas as coisas de forma filial.


O problema é que existe uma corja de safados que logra para si um poder super especial o qual faz o crente acreditar que as orações do "profeta" são mais poderosas do que a de qualquer outro cristão. Esta  bandidagem, que tomou para si o título de "apóstolo" tem nos últimos anos se locupletado discaramente da ignorância do rebanho, impondo sobre estes, doutrinas e ensinamentos absolutamente antagônicos aos das Sagradas Escrituras.


Lamentavelmente, boa parte das igrejas neopentecostais, defensoras da nefasta teologia da prosperidade, estão retomando a figura do “ungido de Deus”, ou seja, estão ressuscitando a figura vétero-testamentária  do profeta e do sacerdote. Para estes, o "apóstolo" é o "escolhido" de Deus e quando imbuído de poder espiritual, ergue a voz em oração , o Senhor é obrigado a responder. Ora, Vamos combinar uma coisa? Esses caras são loucos!  Aonde na Bíblia encontramos subsidio para esta satânica doutrina? No Novo Testamento, não encontramos a menor referência que justifique este ensimento.  Jesus Cristo é o nosso único e suficiente mediador. Ele através de morte de cruz, nos fez sacerdotes.  E por causa dEle podemos orar com ousadia na certeza de que se nossas orações estiverem de acordo com a sua Soberana vontade, seremos atendidoS.

A Ele toda honra, glória e louvor!


segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

DIA ESPECIAL

DIA ESPECIAL


Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria. Volta-te, Senhor! Até quando será assim? Tem compaixão dos teus servos! Satisfaze-nos pela manhã com o teu amor leal, e todos os nossos dias cantaremos felizes. Dá-nos alegria pelo tempo que nos afligiste, pelos anos em que tanto sofremos. Sejam manifestos os teus feitos aos teus servos, e aos filhos deles o teu esplendor! Esteja sobre nós a bondade do nosso Deus Soberano. Consolida, para nós, a obra de nossas mãos; consolida a obra de nossas mãos!”(Salmos 90:12 a 17)
Hoje completo 49 primaveras. Quase meio século! Quero começar esse dia orando como Moisés: Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria” .
Os últimos dois anos foram especiais em minha vida. Em 2009 descobriu-se um tumor em meu cérebro e pude experimentar o milagre tremendo que Deus opera ainda hoje. Desde então vejo a vida de maneira diferente, e Deus tem se revelado a cada dia. Muitos valores, antes tidos como “imexíveis”(como diria o famoso Ministro) ruíram e estão sendo reconstruídos pelo Senhor. Em 2010 nasceu esse blog, juntamente com o livro “Calebe-O demolidor de Gigantes” e através deste espaço tenho falado desse Deus que eu conhecia, mas que tem se mostrado muito mais real, leal, bondoso e misericordioso nessa fase da minha vida.
Agradeço a esse Deus maravilhoso e único, que tem nos sustentado, dado vitórias impossíveis, demonstrando que realmente Nele podemos confiar, sempre!
Interessante, que meditando sobre tudo, a musica que me vem à mente é essa que transcrevo abaixo, que não pertence ao universo “gospel” e talvez por isso mesmo Deus a tenha colocado em minha mente hoje. Devemos sair da redoma em que muitos falsos pastores têm aprisionado cristãos, impedindo que no convívio com pessoas e coisas “do mundo” possamos ser efetivamente TESTEMUNHAS daquilo que Deus tem feito por nós:
Como uma Onda
(Lulu Santos/Nelson Mota)
Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa
Tudo sempre passará
A vida vem em ondas
Como um mar
Num indo e vindo infinito
Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda o tempo todo
No mundo
Não adianta fugir
Nem mentir
Pra si mesmo agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar

domingo, 20 de fevereiro de 2011

A Cruz... Ah! A Cruz...

A CRUZ... AH! A CRUZ...

Rubinho Pirola

"Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus. Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens." 1 Co 1:22-25

O meu amigo Paulo Jr. falou, o Paulo Jr. avisou: "Para o religioso, o legalista, o fariseu, a cruz é sempre insuficiente, para o erudito, o intelectual, ela é demasiada e loucura!"

Para um, ela é pouco. Não basta crer naquilo em que a fé cristã está totalmente alicerçada.

Não basta. É preciso mais. Sempre mais: figurino novo, a aparência do que é santo e a coreografia religioso-evangélica. E dá-lhe banho de sal, visões, sinais e maravilhas, milagres, curas físicas... curas várias, interiores, exteriores e periféricas, pesquisa genealógica para ver-se quantas maldições hereditárias tem-se para quebrar e outros "passes" mágicos.


E venham lugares santos, de peregrinação, montes-de-oração-poderosos... Água? Só se for do Jordão.

E altares, físicos, materiais, templos contruídos por mãos humanas (e com direito a comissões ao empreiteiro!), Jerusaléns, até aquela da chamada "Terra Santa" (estado político, corrupto e inimigo dessa cruz e do crucificado, como tantos outros desse mundo), com direito a enfiarem as orações nos buraquinhos do Muro das Lamentações, senão ela não chega ao céu. Ah! E a bandeira do estado judaico no púlpito, como se esse, um estado político, fosse o Israel de Deus, circuncidado, quando muito, só no bilau do sujeito e não no coração.

E dá-lhe shofares (será berrante para chamar a boiada que concorda com tudo o que vem dos púlpitos? "Améeeem irmãããããos?"...).



Dá 10%! 10, não! Dá 20%, 30%... É pouco! Sacrifica mais. Deposita na sacolinha mais. Venha para a corrente dos setenta apóstolos ou dos quarenta ladrões vestidos de paletó e gravata que extorquem com apelos recheados de versos bíblicos mal-amarrados! Deus atende mais e com mais vontade ao que paga mais e mantém o saldo médio bem recheado, merecedor do cheque-especial no Banco do Senhor (será o São-Tão-Der?).


Não basta mais crermos no que Cristo fêz. É preciso um upgrade, uma actualização e ajuste ao que Ele disse já estar consumado.

Para o intelectual, racionalista, carnal, que só crê no que vê, toca ou sente, o cidadão do Império dos Sentidos, a cruz é sempre um exagero e loucura.


Dar-se? Negar-se a mim mesmo? Ofertar a melhor parte? Ser preterido, abrir mão dos direitos? Nunca. Isso é coisa de doido. Afinal, em algum lugar na Bíblia, diz isso e aquilo mais, sempre orientando-me que não é preciso. A pregação da moda, os cânticos do dia e a filosofia da hora é o pouparmo-nos, salvarmo-nos e livrarmo-nos de todo sacrifício - não é isso que Cristo fêz, então não preciso eu.

Eu quero é as regalias de ser filho do Rei. Ah! E não ficar na cauda, mas ser o cabeça, o principal, o maior dentre todos, o Apóstolo, ou, se der, como fez aquele conhecido picareta, impostor e falso-profeta, "Paipóstolo"!E por ai, vamos nós.

Nós, não. Me incluam fora dessa!


Me incluam fora dessa também!...

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...