Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

terça-feira, 19 de julho de 2011

QUANTA COISA! - Pão Diário

QUANTA COISA!


“E Naamã, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu SENHOR, e de muito respeito; porque por ele o SENHOR dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso. E saíram tropas da Síria, da terra de Israel, e levaram presa uma menina que ficou ao serviço da mulher de Naamã. E disse esta à sua senhora: Antes o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra. Então foi Naamã e notificou ao seu senhor, dizendo: Assim e assim falou a menina que é da terra de Israel. Então disse o rei da Síria: Vai, anda, e enviarei uma carta ao rei de Israel. E foi, e tomou na sua mão dez talentos de prata, seis mil siclos de ouro e dez mudas de roupas. E levou a carta ao rei de Israel, dizendo: Logo, em chegando a ti esta carta, saibas que eu te enviei Naamã, meu servo, para que o cures da sua lepra.”(2Reis 5:1 a 6)

Lodemar Schlemper-Blumenau(SC)
                Com a carta do rei nas mãos, inicia-se a viagem decisiva na vida de Naamã. É um cortejo nobre.
Imagino o general acomodado com cuidado na carruagem puxada pelos melhores cavalos. Oficiais e serviçais estão à sua inteira disposição. Ele é um homem de poder honrado por todos. Sua palavra tem muito valor e todos respeitam.

Os povos vizinhos o temem por suas estratégias de guerra e seu currículo repleto de vitórias. Além disso, era um homem rico. Tinha tudo o que sonhava ter.

Mas estava doente. Esta era a viagem de sua vida. Ele apostava tudo no seu encontro com o homem de Deus. Por isso ele não seguia de mãos vazias.

Muniu-se de ricos e preciosos presentes – prata, ouro e vestes finas. Era o que de melhor havia. Estaria disposto a dar até mais do que isso desde que fosse curado.

Infeliz, esse Naamã! Ele pensa poder “comprar” o profeta e o próprio Deus! Estava acostumado a ter tudo o que queria ou sonhava. Influência e dinheiro ele tinha sobrando para tudo isso.

 No entanto, quando ficou doente, as coisas não eram mais como antes. E agora? Ele está disposto a ouvir o Deus de Israel. Não, na verdade ele ainda não quer ouvir. Ele vem para representar mais uma vez. Ele pensa que a questão com Deus também se resolve como costumava fazer em seu trabalho.

É mesmo muito triste quando alguém pensa poder encarar Deus trazendo sua posição, suas distinções, seus bens e suas influências. Isso de nada vale!

Para agradar a Deus, precisamos primeiramente ouvir o que ele quer nos dizer. Em sua Palavra encontramos o que ele espera de nós. Ela também nos indica o caminho para o perdão dos nossos pecados e a vida eterna por meio de Jesus Cristo. Então, deixe de lado as quinquilharias. Jesus quer ter lugar no seu coração como seu Salvador e Senhor de sua vida.

Extraído do Livreto “Pão Diário” 2011
Da RTM. Link para adquirir o seu AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...