Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Pare e pense

 “O povo atravessou o Jordão no dia dez do primeiro mês e acampou em Gilgal, a leste de Jericó. Ali Josué fez um monumento com as doze pedras que havia tirado do Jordão. E disse ao povo de Israel: - Quando no futuro os filhos perguntarem aos pais o que estas pedras querem dizer, vocês explicarão que o povo de Israel atravessou o rio Jordão em terra seca. O SENHOR, o Deus de vocês, secou o Jordão para vocês atravessarem, assim como secou o mar Vermelho para nós passarmos. Por causa disso todos os povos da terra vão conhecer o poder do SENHOR, o Deus de vocês, e vocês o respeitarão para sempre. Todos os reis amorreus do lado oeste do rio Jordão e todos os reis cananeus que viviam no litoral do mar Mediterrâneo ficaram sabendo que o SENHOR havia secado o Jordão para o povo de Israel passar. E, como o povo de Israel estava chegando, eles ficaram com medo e perderam toda a coragem.”(Josué 4:19 a 5:1) 
Que lembranças você tem guardado dos feitos do SENHOR em sua vida? No texto de hoje vemos Josué liderando o povo de Israel no início da conquista da Terra Prometida. Cada representante, de cada uma das doze tribos de Israel retirou uma pedra do leito do rio, com as quais fizeram um monumento (um memorial) para as gerações futuras.
Isto quer dizer COMUNICAR às gerações futuras as bênçãos recebidas no passado. Nós, seres humanos temos uma memória excelente para guardar problemas, provações, mágoas, dificuldades. Mas quando o assunto é conquistas, bênçãos, GRAÇA recebida, a coisa muda. Temos uma péssima memória, e em pouco tempo ninguém já nem lembra que Deus intervém, que Deus transforma, que Deus cura, que se for a única saída, Deus abre o mar. Você crê nisto? Quantas vezes Deus já agiu sobrenaturalmente em sua vida? No livro CALEBE-O demolidor de gigantes, eu faço um relato de um dos infinitos milagres que já presenciei, ocasiões em que o Grande e Supremo Deus, criador dos céus e da terra, interfere nas leis naturais e resgata, cura, liberta.
Mas Josué diz mais. Ele diz que, por causa disso os povos da terra vão conhecer o poder do SENHOR. Quando você se cala, quando você recebe o milagre e não testemunha, não torna público, você não permite que os povos da terra venham a conhecer esse PODER, e perde parte da bênção. Manter memorial das bênçãos e milagres que recebemos do Senhor, é transmitir às novas gerações que Deus está vivo e ativo! É comunicar a todos que cremos nesse Deus do impossível! É declarar, ousadamente, como Sadraque, Mesaque e Abednego queEis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.”
PENSE NISTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...