Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Pare e pense

ESQUECESTE DE CLAMAR?
“Para me destruírem, lançaram-me na cova e atiraram pedras sobre mim. Águas correram sobre a minha cabeça; eu disse: estou perdido! Invoquei o teu nome, Senhor, desde a mais profunda cova. Ouviste a minha voz; não escondas o teu ouvido ao meu suspiro, ao meu clamor. Tu me aproximaste no dia em que te invoquei; disseste: não temas. Pleiteaste, Senhor, as causas da minha alma, remiste a minha vida”. (Lamentações 3:53-58) 
Desde os mais remotos tempos, as pessoas passam por dificuldades. Muitas delas são inerentes à vontade humana, mas ninguém está livre de situações difíceis. Hoje, mais que em qualquer outra época, as adversidades nos oprimem, deixam-nos encurralados e, por isso, é muito difícil ver uma saída quando os problemas se avolumam.
Diante disso, às vezes, nos sentimos num imenso buraco, onde não há nenhum ponto de apoio para escaparmos. Muitos são os abismos nos quais caímos, em algum momento de nossas vidas. Alguns entraram no abismo da depressão, outros no abismo das dívidas e outros nas cavernas profundas do desemprego, do abandono, do medo ou do desânimo. Outros há, que passam por lutas dificílimas e gritam como o salmista: “os cordéis da morte me cercaram e torrentes de impiedade me assombraram. Tristezas do inferno me cingiram, laços de morte me surpreenderam”. (Sl 18:4-5) 
Bom que saibamos que caminhar com Cristo não nos isenta de lutas e dificuldades e, muitos cristãos, passam por momentos difíceis.
Cair no buraco, no abismo, pode acontecer com qualquer um de nós. Passamos por um processo de purificação quando o Senhor está respondendo às nossas orações. É necessário que passemos por um crescimento para alcançarmos o amadurecimento espiritual, pois temos que amadurecer como filhos, como igreja, como pastores, como diáconos, como pais. Para que Deus trabalhe em nós, é preciso que Ele nos abale. 
Se você está no buraco, saiba que Deus pode intervir na sua história. Muitos se desesperam diante das dificuldades, mas não fazem o mais simples, que é procurar o Pai de amor, o único que tem o poder de lutar em favor dos que se encontram abatidos.
Deus atende ao clamor do aflito, Se você estiver em dificuldade, vá a Ele sem demora. Clame, pois o Senhor o ouvirá. -”Clama a mim e responder-te-ei e mostrar-te coisas grandes e ocultas que não sabes”. (Jeremias 33.3) 
(trecho do livro“Saia do Buraco”, do pastor Jorge linhares )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...