Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Pare e pense

Dinheiro, o Santo Graal dos crentes


Dinheiro na igreja é coisa muito séria.
Sim! Talvez seja a coisa mais séria que exista para os crentes que se reúnem.
Se a igreja não cresce, mas tem dinheiro sobrando, está tudo bem.
Se a igreja não ama, mas tem dinheiro sobrando, está tudo bem.
Se a igreja não serve, mas tem dinheiro sobrando, está tudo bem.
Se a igreja nunca teve ajuda pastoral, mas tem dinheiro sobrando, está tudo bem.
Se a igreja não ora, mas tem dinheiro sobrando, está tudo bem.
Se a igreja não conhece a Palavra, mas tem dinheiro sobrando, está tudo bem.
Se a igreja tem dinheiro e nunca foi roubada por ninguém, melhor ainda.
Dinheiro é o Santo Graal dos Crentes!
Pode-se ensinar errado, e todos toleram desde que o dinheiro esteja bem protegido.
Jesus, entretanto, tratou o dinheiro conforme disse que o dinheiro era: uma potestade.
Assim, Ele se serve do dinheiro; e apenas isto.
Recebia ajuda financeira de pessoas diversas, especialmente de mulheres, conforme Lucas oito.
Ele, PORÉM, designou Judas para cuidar do dinheiro.
Não era uma tentação para Judas promovida por Jesus. Ao contrário: Jesus confiava em Judas mesmo conhecendo Judas.
Paradoxo. Do contrário, colocar Judas para ser o homem da “bolsa” seria uma tentação diabólica.
E mais:
Jesus deixou Judas se entregar…
Esta é a ética do reino!
Não houve uma comissão designada para auditar as contas de Judas.
Quando se escolhe gente para cuidar de dinheiro comum e doado à expansão do Evangelho, o que se tem que buscar sempre é ter gente séria cuidando do assunto.
Simplesmente isto:
Gente séria. Gente honesta. Gente que ame a Deus e ao próximo. Gente justa e generosa. Gente sensata. Gente boa de Deus.
Sendo assim eu confio sempre. E não preciso de relatórios. Insisto em crer em gente. Persisto crendo que ninguém me engana quando quer me enganar, mas tão somente enganam a si mesmos.
Eu prefiro ser traído e enganado todos os dias porque confio nas pessoas, do que nunca ser enganado porque jamais tenha confiado em ninguém.
E mais:
“Pago” para ver quem é quem na vida, não em um exercício de especulação.
E ainda:
Somente convido para cuidar do dinheiro quem antes já se mostrou justo, generoso, simples e grato na gestão do que é seu. Tal pessoa pode cuidar do que é de todos.
Mas é tudo simples assim.
Afinal, por que teria eu que buscar tomar cuidados diferentes dos de Jesus?
Alguém dirá:
Porque você não é Jesus!
Respondo:
É justamente por esta razão que tenho que ser como Ele nesta área também, pois, não sendo Ele, mais razão tenho ainda para apenas buscar ser como Ele.
Nele,
fonte: Caio Fábio via http://veshamegospel.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Vi esta postagem e imediatamente identifiquei uma certa igreja que conheci até há um ano atrás. Tenho certeza que muitos vão identificar também. Infelizmente, a constatação de que é uma verdade cada dia mais frequente no meio chamado " evangélico" é uma realidade...

    ResponderExcluir

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...