Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Pare e pense

SANTIDADE DE DEUS E A SUA GLÓRIA

Antonio de Jesus Batalha

ENTRAR EM SUA PRESENÇA.
Uma grande parte da Bíblia nos convida a entrar ou a chegar-nos à Sua Presença. Eu acredito que é o melhor lugar onde o crente pode estar. Salmo 95:6: "Ó, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor que nos criou."
No entanto nos entristece ao ver membros da igreja a praticar formas extremas de adoração, sem realmente entrarem em comunhão com Deus! Seus lábios preferem palavras.
Inclinam a cabeça, mas de fato não oram. Sentam-se nos bancos, e pensam nas roupas e nos alimentos, nos carros, no futebol, na politica ao invés de entrarem em contato com O Pai. 
Ocupam-se tanto em cochichar sobre as ocorrências da semana, que não podem ouvir a voz silenciosa de Deus dentro da alma.
Quanta hipocrisia em tal adoração! João 4:24. "Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade."
Ainda há outros que entram na presença de Deus a cantar, tocar, bater palmas por tudo e por nada, mas seu coração está longe de Deus, longe de seu irmão, que de um certo modo desprezam, o amor é apenas restrito a algumas pessoas da sua classe ou superior. Sem este amor, há apenas hipocrisia perante O Rei dos Reis.
Quão poderosos ecos sairiam das nossas igrejas se cada crente presente cantasse de coração, e com o coração repleto de amor de Deus. Se ardesse em cada vida as palavras dos cânticos entoados, e se corressem com verdades vividas.
Então poderíamos entrar ardentemente na presença do Senhor, em oração, e em cânticos de adoração, se mantivermos vidas contristas, e submissão à Sua vontade e uma consciência de Sua aproximação!
É necessário a quietude e humildade de espírito, e espera calma para se entrar em adoração real. 
Podemos expressar esta palavra da seguinte forma:
Quanto mais tempo levamos na presença de Deus, para penetrar na Sua mente e no pensamento do Seu glorioso propósito, tanto mais forte se torna a nossa fé, e Deus operará toda a Sua vontade através das nossas orações.  Enquanto a glória de Deus brilha sobre nós, torna-nos cônscios da profundidade das nossas fraquezas, e assim cresce a certeza de que Deus fará tudo quanto pedimos ou pensamos. Efésio 3:20. "Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera." A interseção nos leva ao sentimento da necessidade de uma adoração mais plena. A adoração nos dá poder à interseção. O segredo da verdadeira adoração só pode ser conhecida pela alma que se demora na presença de Deus e que se entrega a Ele para receber revelação da Sua vontade.  A adoração, na verdade, adapta-nos ao grande serviço do conhecimento da glória de Deus em nossas vidas, e tornar-nos capazes, dedicados em nossa entrega absoluta, e rendição completa, em que deixamos de ter vontade própria, para ganharmos a Sua própria vontade. 
Salmo 122
1.Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.
2. Os nossos pés estão dentro das tuas portas, ó Jerusalém.
3. Jerusalém está edificada como uma cidade que é compacta.
4. Onde sobem as tribos, as tribos do Senhor, até ao testemunho de Israel, para darem graças ao nome do Senhor.
5.Pois ali estão os tronos do juízo, os tronos da casa de Davi.
6.Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam.
7.Haja paz dentro de teus muros, e prosperidade dentro dos teus palácios.
8.Por causa dos meus irmãos e amigos, direi: Paz esteja em ti.
9.Por causa da casa do Senhor nosso Deus, buscarei o teu bem. 

A RIBEIRA.
Entre Freixos e salgueiros,
Rio que corria levemente
quase não se mexia,
se virava calmamente.
A brisa soprava,
quase não se sentia.
O menino que dormia
em cima do cobertor,
dormia, dormia,
torcia-se com calor.
Rouxinol que da água bebia,
encima do ramo verde,
canta linda melodia.
Raios de sol que teimam
atingir a água corrente,
parece que tinha sede,
ou calor, como o inocente.

Por: António Jesus Batalha.( Odivelas, Ramada, Portugal)



Como será maravilhoso, até indescritível, quando estivermos todos os lavados pelo sangue do cordeiro reunidos numa sincera adoração, no local em que a própria luz que emana do trono do Altíssimo impede a presença dos falsos adoradores que hoje proliferam nos templos, numa triste e nojenta adoração voltada a demonstrar uma espiritualidade que não têm para pessoas com quem nem se importam. Ora vem, senhor JESUS!
"E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seus rostos, e adoraram a Deus, Dizendo: Amém. Louvor, e glória, e sabedoria, e ação de graças, e honra, e poder, e força ao nosso Deus, para todo o sempre. Amém."(Apocalipse 7: 11 e 12)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...