Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

sábado, 11 de setembro de 2010

Pare e pense

11 de setembro - Uma data especial?

Este é o dia que fez o SENHOR; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele.(Salmos 118:24)


        Hoje é uma data muito especial! Onze de setembro, dia em que o Brasil comemora o Dia Nacional do Cerrado. veja texto sobre o assunto:

Dia do Cerrado
O bioma Cerrado, desde 2003, tem um dia especial que é dedicado à reflexão e mobilização em sua defesa, o que é muito justo, pois o Cerrado é um bioma muito rico em recursos naturais e diversidade biológica e cultural. A instituição do dia 11 de setembro como o Dia Nacional do Cerrado, foi importante para estimular a sociedade e as autoridades a pensarem mais sobre o que fazer em seu favor. A data foi escolhida em homenagem ao ambientalista Ary José de Oliveira, o Ary Pára-Raios, um defensor dos direitos humanos e do meio ambiente, que transformou a cultura do bioma Cerrado em arte mambembe. Ary foi o fundador do grupo teatral Esquadrão da Vida - uma das mais conhecidas troupe de artistas do Distrito Federal.
O bioma Cerrado, mesmo sendo muito importante ainda não é reconhecido como Patrimônio Nacional. Mas pelo menos durante a semana em que acontece o Dia do Cerrado, sua importância é discutida e, estando em pauta, ele se torna um pouco mais conhecido pela sociedade. E tornando-se conhecido, será possível ser mais valorizado, respeitado e preservado.

Leia mais: 
http://faunadocerrado.blogspot.com/2009/09/dia-nacional-do-cerrado.html#ixzz0zDaY4Ysq
Under Creative Commons License: 
Attribution


        Onze de setembro. Ou doze, ou seja que data for, o importante é a conclusão a que devemos chegar, conforme o Salmo acima citado: Este é o dia que fez o SENHOR; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele. Para alguns, esta data representa o dia em que receberam do Senhor um filho, sendo motivo de festa e comemoração a cada aniversário. Para outros, representa a data do casamento, o que para uma parte é motivo de júbilo e alegria, principalmente quando esse casamento é vivido a cada dia na presença do Senhor. E para alguns outros, esta data é motivo de luto, pela perda de alguma pessoa querida, fato que sempre será por eles lembrado, mesmo que seja apenas uma lembrança triste. 
           O que não devemos é considerar como uma data maldita, nenhum dos dias (Os quais foram feitos pelo SENHOR, lembre-se disto), por mais negros que tenham sido, ainda que alguns queiram até queimar livros, outros pessoas, ainda que seja uma data de algum massacre (e de massacre, a humanidade é repleta de datas...). Sempre haverá uma data negra para um povo, para uma nação, para um segmento religioso, e sempre terá sido pela ação da iniquidade do homem, desrespeitando a direção de Deus, mesmo que tal ato seja praticado sob a alegação de defesa do próprio Deus.
              Será que as inúmeras manifestações que veremos hoje, e nos próximos dias, a respeito de um evento triste ocorrido há nove anos, não é um certo exagero? Será que não deveríamos estar sim, atentos e dispostos a evitar que essas datas se repitam, ao invés de repetir as imagens tristes? Como seria se tivéssemos internet, e toda esta cobertura, por exemplo para relembrarmos a terrível data, massacre da noite de São Bartolomeu foi um episódio sangrento na repressão dos protestantes na França pelos reis franceses, católicos. As matanças, organizadas pela casa real francesa, começaram em 24 de Agosto de 1572 e duraram vários meses, inicialmente em Paris e depois em outras cidades francesas, vitimando entre 30 mil e 100 mil protestantes franceses (chamados huguenotes).fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Massacre_da_noite_de_S%C3%A3o_Bartolomeu
                     Não importa o dia, não importa o que, o que realmente importa é o futuro, e este foi garantido por Jesus naquela cruz, e NADA nem NINGUÉM pode mudar isso, por mais que o diabo tente, ele não chega nem perto, creia nisto.

" Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. " (Romanos 8:37 a 39) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...