Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Pare e pense

“Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na terra e até no céu, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino. Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada. Poderia dar tudo o que tenho e até mesmo entregar o meu corpo para ser queimado, mas, se eu não tivesse amor, isso não me adiantaria nada. Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas. Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo. Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência. O amor é eterno. Existem mensagens espirituais, porém elas durarão pouco. Existe o dom de falar em línguas estranhas, mas acabará logo. Existe o conhecimento, mas também terminará. Pois os nossos dons de conhecimento e as nossas mensagens espirituais são imperfeitos. Mas, quando vier o que é perfeito, então o que é imperfeito desaparecerá. Quando eu era criança, falava como criança, sentia como criança e pensava como criança. Agora que sou adulto, parei de agir como criança. O que agora vemos é como uma imagem imperfeita num espelho embaçado, mas depois veremos face a face. Agora o meu conhecimento é imperfeito, mas depois conhecerei perfeitamente, assim como sou conhecido por Deus. Portanto, agora existem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. Porém a maior delas é o amor.”(1Coríntios 13)
Tem algo estranho que ocorre com certa frequência, mesmo dentro do meio evangélico, algo que tem me chamado muito a atenção, principalmente nos últimos dias. Algo que nos leva a refletir sobre as palavras do apóstolo Paulo contidas em 1Coríntios 13. Ao falar sobre o AMOR, Paulo considera, afirma, declara, que é possível fazer tudo o que Cristo ensinou, porém de uma forma que de nada aproveita. Que forma? Sem AMOR. Preste atenção, caro irmão. Perceba que você pode estar sendo participante de um processo em que a aparência de tudo é até Cristã, mas a realidade é bem diferente, pois se for algo do intelecto apenas, algo do coração humano, é abominação para Deus, é algo desprovido do verdadeiro amor. Como saber? Paulo descreve as características da prática do verdadeiro amor. Veja a lista com atenção. Você consegue perceber a diferença da GRAÇA derramada pelo amor e da prática fria e cheia de regras daqueles que tentam reproduzir o ambiente Cristão movidos por outros sentimentos?
Por fim Paulo nos alerta para que busquemos o amadurecimento espiritual, agindo como adultos, cientes de que TUDO aquilo o que vemos agora, é uma imagem imperfeita num espelho embaçado, com conhecimento imperfeito. Glórias a Deus, que sabemos que depois, ao final de tudo, veremos face a face, depois, ao final de tudo conheceremos perfeitamente, assim como DEUS nos conhece!
Apresento abaixo um vídeo colhido no YouTube, falando sobre o mito da caverna (Platão). Assista a edição, feita com quadrinhos do personagem Piteco e veja a incrível semelhança com o texto da Bíblia.

Infelizmente, em nossa jornada vamos sempre nos deparar com pessoas que preferem permanecer dentro da caverna, optando por uma vida de aparências e engano, tal qual outro personagem do mundo da fantasia, que vimos no filme MATRIX. Veja abaixo a cena em que CYPHER se vende para o agente da Matrix, traindo seus amigos num acordo espúrio, aonde tudo o que ele pede é para retornar à vida de antes, antes de abrirem-lhe os olhos e ele conhecer a realidade. Percebo incrível semelhança com muitos irmãos dos dias atuais, que assim como o Cypher da MATRIX, declaram que “a ignorância é maravilhosa”.
PENSE NISTO    

Um comentário:

  1. Olá Dalton!

    De fato, o que importa pra Deus não é apenas o que fazemos, mas com que motivação o fazemos.

    Sem amor, tudo é nulo, desprezível e desperdício de tempo.

    Parabéns pela reflexão!

    www.hermesfernandes.blogspot.com

    ResponderExcluir

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...