Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

terça-feira, 11 de maio de 2010

Pare e pense

ALERTA DE TSUNAMI
“Por que vocês me chamam “Senhor, Senhor” e não fazem o que eu digo?  Eu vou mostrar a vocês com quem se parece a pessoa que vem e ouve a minha mensagem e é obediente a ela.  Essa pessoa é como um homem que, quando construiu uma casa, cavou bem fundo e pôs o alicerce na rocha. O rio ficou cheio, e as suas águas bateram contra aquela casa; porém ela não se abalou porque havia sido bem construída.  Mas quem ouve a minha mensagem e não é obediente a ela é como o homem que construiu uma casa na terra, sem alicerce. Quando a água bateu contra aquela casa, ela caiu logo e ficou totalmente destruída.” (Lucas 6: 46 a 49)
A mensagem de hoje nos fala de enchentes e construções. Através da parábola, Jesus compara aquele que ouve e pratica (o verdadeiro Cristão), com aquele que ouve e não é obediente (Crente nominal ou incrédulo). O que me chama a atenção na parábola, e é algo que contraria muitos profetas da Teologia da Prosperidade, que pregam a idéia dos super-crentes (pastores que afirmam que tribulações não fazem parte da vida do verdadeiro cristão, e falam ainda que aquele que atravessa provações e tribulações está em pecado e saiu da “proteção”de Deus).
Note que Jesus afirma claramente que para aquele que ouve e é obediente às suas palavras, o rio enche e as águas batem forte contra aquela casa (na versão Revista e Atualizada diz: “vindo a enchente, arrojou-se o rio contra aquela casa”). Caro leitor, tenha a certeza de que enquanto você estiver habitando neste mundo imperfeito, sua vida está sim, sujeita a essas tempestades, e a enchente bate forte contra a sua vida. O que vai te diferenciar daquele que é cristão nominal, é a conseqüência desses fatos: “porém ela não se abalou porque havia sido bem construída”. Se a sua vida está firmada em Cristo, pode sofrer a crise que for, mas não será abalado.  OS que confiam no Senhor serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre.(Salmos 125:1)
                               PENSE NISTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...