Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Pare e pense

“Quando o rei Salomão terminou todo o trabalho do Templo, colocou na sala do tesouro do Templo todas as coisas que Davi, o seu pai, havia separado para o SENHOR Deus, isto é, a prata, o ouro e outros objetos.”(1Reis 7:51)
                Conforme a promessa de Deus a Davi  (2Samuel 7), Salomão, seu filho, realizou a obra de construir o Templo do Senhor em Jerusalém. Pela descrição dos capítulos 5 a 7, podemos constatar o quanto foi uma obra magnífica, e a riqueza dos detalhes revelam a inspiração divina operando naquela obra. A dedicação de Salomão, o zêlo e cuidado em realizar aquele projeto demonstram o amor a Deus que havia em seu coração, no capítulo 8 encontramos registrado o resultado dessa dedicação: “Quando os sacerdotes estavam saindo do Lugar Santo, uma nuvem encheu o Templo do SENHOR com a glória do SENHOR, e eles não puderam voltar para dentro a fim de realizar os seus atos de culto.” (1Reis 8:10 e 11)
                 Mais tarde, vemos o quanto Salomão se afastou dos caminhos do Senhor, e as consequências disso para toda a nação. Às vezes nos dias de hoje acontece algo semelhante: Pessoas iniciam algo na obra de Deus com o coração puro, separando preciosidades de suas vidas para o Senhor, e se corrompem ao longo do período, afastando-se do objetivo inicial e transformando-se num verdadeiro "Franckstein", passam a dominar seus liderados com mentiras, dissimulações, artifícios variados com o propósito de exercer domínio total e perpetuar-se no comando, buscando apenas benefício próprio, transformando o que seria uma obra de Deus, algo aonde habitaria a Glória do Senhor, numa empresa familiar e pessoal. Na tentativa de simular a presença de Deus, essas organizações passam a se comportar como um clube de serviços (Lions ou Rotary, por exemplo), travestidos de falsa religiosidade, patrocinando festas e aglomerações de fiéis incautos, inocentes criaturas cegamente guiados ao precipício espiritual da ausência total da presença de Deus. Assim como nos dias de Salomão, conhecemos as consequências...
“Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos demandarei as minhas ovelhas, e eles deixarão de apascentar as ovelhas; os pastores não se apascentarão mais a si mesmos; e livrarei as minhas ovelhas da sua boca, e não lhes servirão mais de pasto. Porque assim diz o Senhor Deus: Eis que eu, eu mesmo, procurarei pelas minhas ovelhas, e as buscarei.”( Ezequiel 34: 10 e 11)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...