Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Pare e pense

“E eles informaram ao rei que o total de homens capazes para o serviço militar era o seguinte: oitocentos mil em Israel e quinhentos mil em Judá. Mas, depois que Davi fez a contagem, a sua consciência começou a doer, e ele disse: — Ó SENHOR Deus, eu cometi um pecado terrível ao mandar contar o povo. Por favor, perdoa-me! O que fiz foi uma loucura. (2Samuel 24:9 a 10)
                Mais uma vez encontramos o registro de um pecado de Davi, e podemos acompanhar a sua reação ao erro. Desta vez nem chegou a ser confrontado, ele mesmo caiu em si de seu erro, e implorou a Deus por misericórdia. O seu pecado nasceu de soberba, pois tornara-se um poderosíssimo rei, com um invejável exército. Deus perdoou o pecado, mas apresentou a Davi as possibilidades de consequência. Das três opções de castigo, apenas uma refletiria um coração realmente quebrantado e entregue a Deus, e foi esta a escolha de Davi, demonstrando que a soberba havia deixado seu coração. Cuidado com o “bichinho da vaidade”, ele corrói como um câncer, e, antes que você perceba, se tornou auto-suficiente e dispensa a misericórdia de Deus, caindo direto em perdição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...