Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Pare e pense

“Mica fez uma capela. Ele fez outros ídolos e também uma roupa de sacerdote. Separou um dos seus filhos para ser o seu sacerdote. Naquele tempo não havia rei em Israel, e cada um fazia o que bem queria.” (Juízes 17:5 a 6)
                Não havia rei em Israel, cada um fazia o que bem queria!Esse homem, Mica, sentia a necessidade de culto, mas buscava da forma errada. Fez uma estola sacerdotal, ídolos do lar, e até “consagrou”um de seus filhos para ser sacerdote da religião que criara. A desordem espiritual era tanta que o moço levita, que passava pela região aceitou ser assalariado de Mica para ser seu sacerdote particular! Quantas pessoas nos dias de hoje se comportam de maneira idêntica à de Mica? Pessoas que julgam que através de seu dinheiro compram a bênção e a aprovação de Deus, e sempre acham algum “sacerdote” comprável, para dar vazão a esta necessidade carnal, imunda e demoníaca, pois também é idolatria, e Deus não aceita. Como você se relaciona com Deus? Mica era um homem religioso. Tanto que elaborou toda uma forma de religião, chegando até a "comprar" um levita para ser seu sacerdote particular. Deixe-me lhe falar: Religião mata! Religião foi exatamente o que Jesus combateu durante seu ministério, e religiosos fervorosos e dedicados foram os que o crucificaram. É a religião que causa milhares de mortes até aos dias atuais, através de cruzadas, homens-bomba, guerras "santas", Jihad's e tantos nomes.
                 Essa religião humana Deus abomina. O que precisamos é desenvolver um relacionamento sincero e puro com Deus, baseado na Sua palavra e numa busca sincera. 
                     Se Jesus entrasse pessoalmente e anônimamente em sua igreja, trajado da maneira simples que foi sua marca durante seu ministério terreno, como seria recebido? Provavelmente seria "barrado" na maioria das igrejas dos dias atuais, onde não há espaço para os verdadeiros necessitados, mas como meros clubes de serviço, estão abertas apenas a receber pessoas muito bem trajadas e socialmente bem sucedidas. É esta a sua religião?
Pense nisto

Um comentário:

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...