Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Pare e pense

“O povo da tribo de Judá foi falar com Josué em Gilgal. Calebe, filho de Jefoné, do povo quenezeu, disse a Josué: — Você sabe o que o SENHOR disse a Moisés, homem de Deus, em Cades-Barnéia, a respeito de você e de mim. Eu tinha quarenta anos quando Moisés, servo do SENHOR, me enviou de Cades-Barnéia para espionar a terra. E eu dei um relatório que sabia que era verdadeiro. Os homens que foram comigo espalharam o medo no meio do povo, mas eu obedeci fielmente ao SENHOR, meu Deus.” (Josué 14:6 a 8)
                Eu acho maravilhoso esse texto! Calebe, companheiro de Josué como espia da Terra de Canaã, comparece à presença do líder e relembra o episódio. Ele afirma que deu um relatório que sabia que era verdadeiro (Não falou o que falou apenas para agradar ninguém, mas falou o que sentia realmente no coração). Atesta que enquanto os demais espalharam medo no meio do povo, ele obedecia fielmente ao Senhor. Na sequência do texto, ele reivindica o Monte Hebrom, habitado pelos gigantes filhos de Anaque e afirma, aos 85 anos, que Deus lhe preservou as forças e ele ainda é um guerreiro capaz de vencer os gigantes. E venceu! Glória a Deus! Você crê que esse Deus pode fazer o mesmo por você? Em meu livro CALEBE-O demolidor de Gigantes, no capítulo intitulado "Sonhar é viver" eu falo desta capacidade  que Deus nos dá, de manter vivo o sonho Dele para nossa vida, conservando-nos a força e o vigor, citando Romanos 5: 1 a 5: : “TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...