Para ler NO Deserto

“Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia; porque tu ouviste, naquele dia, que estavam ali os anaquins, bem como cidades grandes e fortificadas. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como ele disse.”(Josué 14:12)

VISITANTE NUMERO


Visualizar estatísticas do Blog

PÁGINAS DO BLOG

domingo, 5 de junho de 2011

DEPOIMENTO DE UM EX-CEGO

DEPOIMENTO DE UM  EX-CEGO
  

“Então levaram aos fariseus o homem que havia sido cego. O dia em que Jesus havia feito lama e curado o homem da cegueira era um sábado. Aí os fariseus também perguntaram como ele tinha sido curado. — Ele pôs lama nos meus olhos, eu lavei o rosto e agora estou vendo — respondeu o homem. Alguns fariseus disseram: — O homem que fez isso não é de Deus porque não respeita a lei do sábado. E outros perguntaram: — Como pode um pecador fazer milagres tão grandes? E por causa disso houve divisão entre eles. Então os fariseus tornaram a perguntar ao homem: — Você diz que ele curou você da cegueira. E o que é que você diz dele? — Ele é um profeta! — respondeu o homem. Os líderes judeus não acreditavam que ele tinha sido cego e que agora podia ver. Por isso chamaram os pais dele e perguntaram: — Esse homem é filho de vocês? Vocês dizem que ele nasceu cego. E como é que agora ele está vendo? Os pais responderam: — Sabemos que ele é nosso filho e que nasceu cego. Mas não sabemos como é que ele agora pode ver e não sabemos também quem foi que o curou. Ele é maior de idade; perguntem, e ele mesmo poderá explicar. Os pais disseram isso porque estavam com medo, pois os líderes judeus tinham combinado expulsar da sinagoga quem afirmasse que Jesus era o Messias. Foi por isso que os pais disseram: “Ele é maior de idade; perguntem a ele.” (JOÃO 9:13 a 23)

Dálton Curvello
Os religiosos de plantão, aqueles que se consideravam os “donos da sinagoga” interrogavam o homem que havia sido curado de cegueira. Interessante percebermos nitidamente que os cegos na realidade são aqueles religiosos, presos em seu conceito humano de religião se tornaram incapazes de enxergar o milagre de Deus na vida daquele homem.

Quantas pessoas agem da mesma forma hoje em dia? Líderes religiosos que criam estereótipos, criam regras aonde Deus tem que se encaixar, não sendo reconhecido caso Ele não se submeta às suas regras. Naquela ocasião os fariseus entendiam que, para ser Deus, Ele não poderia curar no sábado, não poderia operar milagres se não fosse por intermédio de algum figurão da estrutura burocrático-religiosa instituída. Hoje, isso se traduz em exigências aos membros, em querer que Deus, como os fariseus exigiam naquela época, se submeta à hierarquia religiosa dominante, operando sinais e maravilhas apenas sob a placa de sua denominaçãozinha. Criam títulos para sí mesmos, e acham que esse título foi dado por Deus, se autodenominam "Apóstolos", "Pai-póstolos", "patriarcas" e tantas aberrações.

Usam as ovelhas como seu rebanho particular, ensinando superstições-gospel, criando estórias para dominar a mente de pessoas indefesas espiritualmente. Notem que os fariseus citados no texto, apenas porque Jesus operou a cura num sábado, já concluíram que Ele não poderia estar fazendo isto da parte de Deus: Alguns fariseus disseram: — O homem que fez isso não é de Deus porque não respeita a lei do sábado. Alguns chegaram a duvidar que homem tivesse sido cego, interrogando os pais dele a respeito! Perceba que por trás de toda a história estava a decisão já tomada de expulsar da Sinagoga qualquer um que afirmasse que Jesus era o Messias. Um povo passa séculos esperando a chegada do Messias, e quando este se apresenta, eles estão tão cegos pelas regras que eles criaram, costumes inventados pelos homens, que sequer O reconhecem!

Será que não estamos fazendo a mesma coisa nos dias atuais? Volte-se para a Bíblia, caro leitor! É lá que vamos encontrar a sabedoria e o conhecimento necessários para nos identificarmos com o criador. A essas pessoas que não conseguiam enxergar a divindade de Jesus, Ele declarou:“Errais, não conhecendo as escrituras, nem o poder de Deus.                                                                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua participação é importante. Obrigado!

Inscreva seu e-mail e fique por dentro das atualizações!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...